domingo, 17 de novembro de 2013

Todos nascem para uma missão especial. Qual é a sua?


    Todos nascem para uma missão especial. Qual é a sua?

1.Qual a sua missão na vida? Você já se definiu por uma?
Dias e noites felizes no futuro é resultado do que se planeja e se realiza hoje. Fácil? Difícil? Depende. Ter vontade, empenho e determinação são energias para libertar o que está gravado em nosso DNA e nos impulsionar rumo à missão.
Você pode ter oculto no subconsciente a predestinação de uma profissão, cargo, atividade. É algo a ser descoberto. Só você sabe, sente e pressente. Por isso, se alguém lhe disser “desista, você não nasceu para isso”, perdoe-o. Talvez ele seja um mal avaliador ou alguém que teve uma missão e fracassou. Feche os ouvidos. Continue em busca do que acredita, do que é possível e sabe que pode conquistar. Inspire-se naqueles que persistem e vencem, não nos que desistem ou fracassam.
Desenvolva seu trabalho, nele está sua missão. Mostre-o para pessoas que tenham noção e saibam avaliá-lo quantitativa e qualitativamente. Quantos Pelés, Portinaris e Villa-Lobos não se perderam ao longo do tempo, desestimulados por críticos frustrados?
Avance nos seus feitos. Lapide-os, faça-os brilhar, são joias raras. Não ligue para a torcida do contra, e sim para a sua realização pessoal e para uma plateia que saberá aplaudir suas habilidades.
Pare e ouça a voz do gênio gritando dentro de si. Sacie-se na fonte do saber que jorra borbulhante, impulsionando-o a realizar sua missão, a mais bela, incrível e gloriosa!
Reflexão: Seja qual for sua missão, faça o melhor, como a abelha que procura a mais perfumada flor para produzir o mais doce mel. E, ao final, que você progrida, evolua e também melhore: para os outros, e tanto mais para si próprio!
>> 
2.Dê um passo à frente, ouse ser o primeiro!

Não fique parado, imóvel, vendo os outros evoluírem e você lá atrás, comendo poeira... Quando você tem em mente ser o número “um” nos negócios deve estar preparado para a concorrência. Ser o primeiro significa chegar à frente e receber a cobiçada medalha de ouro.
Então, dê um passo à frente!
Sabe aquela ideia básica “o importante é competir”? Esqueça o “competir”. Mude o verbo. Conjugue “vencer”. Isso mesmo. Ou você já viu, em qualquer competição no planeta, taça para os derrotados?
O mundo está aí, uma arena a céu aberto. Observe como os potenciais vencedores são assediados. Imprensa, patrocínios, mordomias... Eles são cultuados, endeusados, pagos a peso de ouro.
E o que isso tem a ver com você? Tudo! Sim, não pense “os outros serão os primeiros”. Mude a pessoa e o verbo e pense “eu serei um dos primeiros”. Insira-se nesse rol de competidores, onde se constrói a diferença entre derrotado e vencedor.
Alie-se a alguma atividade rentável e entoe o riso dos que eram e agora são. Apague a ideia errada de que a caminhada é cansativa e o pódio difícil. Sacuda sua decisão, ela está dormente. Vá para as “cabeças”, as “pensantes”. E sair primeiro é estar em vantagem, à frente dos demais.
Vamos, ponha-se em pé e dê um passo vigoroso à frente para ser o primeiro. Agora!
Reflexão: Seus projetos usine-os e dê-lhes forma no torno das convicções. Aperte o botão da máquina do tempo, finalize-os, mostre-os ao mundo e seja o primeiro!
Inácio Dantas
Do livro Ebook “Semeando dias felizes” – www.amazon.com.br


quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Dez considerações para autorreavaliar seus conceitos e valores na equipe.




Dez considerações para autorreavaliar seus conceitos e valores na equipe.
No relacionamento profissional-equipe, sempre julgamos colaborar com toda “energia e inteligência” e, assim, estarmos sendo bem avaliados e bem considerados pelos demais. Porém, na verdade, muitas vezes, ao olhar deles, estamos abaixo das expectativas e até mesmo “fora do jogo”... Por isso você deve reavaliar seus valores e conceitos sempre que:
1.Sente-se importante para a equipe e a equipe não dá importância para você;
2.Você opina, dá ideias e sugestões e não é ouvido nem lhe dão atenção;
3.Seu superior lhe dá as piores tarefas e fica no seu “pé” cobrando rapidez e qualidade;
4.Colegas palpitam no seu serviço e você os ouve; ao palpitar no serviço deles ninguém o ouve;
5.Apresenta um serviço no qual se esmerou com afinco e seu superior não tem boca para tecer elogios, e sim para erros e imperfeições...;
6.Todos os colegas da equipe receberam promoção e “esqueceram” de você...
7.Os anos passaram, a empresa cresceu, evoluiu, e você continua no mesmo setor, apertando os mesmos parafusos, carimbando os mesmos papéis, digitando os mesmos textos...;
8.Os membros da sua própria equipe se unem num projeto importante e descartam a sua participação;
9.Os colegas da equipe cursam MBA, faculdade, cursos de especialização e você parou no tempo; eles interagem nas reuniões, você silencia;
10.Vários colegas se esforçaram, se destacaram e chegaram ao cargo de comando; você se acomodou e continua a ser comandado.

Inácio Dantas
Do livro Ebook “Lições para o autoaperfeiçoamento profissional”
www.amazon.com.br

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

A mente plugada na ondas da sabedoria!




A mente plugada na ondas da sabedoria!



Esteja plugado e antenado com o mundo!

Não diga incertezas para depois ter de remendar as palavras: vai transformá-las em retalhos e criar uma colcha de letras sem nenhum entendimento.

Muna-se de algum embasamento para não abrir a boca e cair em descrédito!

Tenha plena ciência do que diz ou então silencie. Quem o ouve está atento, esquadrinhando sua voz e planilhando suas falhas. Um pequeno engano para algo de grande importância pode gerar péssimo efeito e macular sua imagem. A credibilidade de uma pessoa cresce das assertivas que ela diz.

Leia, estude, pesquise, informe-se. Livros não são meramente para embelezar estante.

A leitura sacia a sede dos olhos, o saber abastece a mente e o conhecimento nutre corpo e alma!



>> 



A mente é o portal do corpo!

Todas as mazelas que se acometem em nós chegam através da mente.

Os pecados, como nas ações, nascem dos anseios e desejos que a mente produz. Nossos pensamentos transferem a todo o corpo energias que podem alterar nosso comportamento e afetar nossa saúde.

Angústia, tristeza, depressão, maus pressentimentos, são energias negativas que nos desestabilizam e nos causam dano, às vezes irreversíveis.

Alegria, bons pensamentos e boas ações, são fluídos positivos que nos põem em elevação, refletindo uma existência longa e saudável.

Um bom corpo precisa de bom alimento. Assim é a nossa mente.

“Alimente-a” e ative-a com boas palavras, bons sons e imagens. Ativar o inconsciente é mover nossa matéria em direção à evolução, obtendo assim uma satisfação nova e prazerosa.



>> 



Muitas vezes você busca a palavra para dizer, mas o que vem é um silêncio profundo... De uma expectativa fica uma frustração suspensa no ar e um sentimento de incapacidade se apossa de você.

Mas, isso acontece com todos, a todo tempo.

Quando a mente perde a concentração, ou não está devidamente preparada, a inspiração é vazia e a palavra é fria, sem conteúdo.

Centre seu pensamento numa diretriz e siga em busca da sua realização. O dom de comunicar-se, de expressar o que se pensa não é privilégio de alguns. Todos nós o temos.

Não perca-se em nulidades. Prepare-se. Quem não prepara-se para o muito satisfaz-se com o nada.

Busque bons mestres. Eduque-se!

E que a fonte divina da inspiração jorre cântaros de sabedoria na sua mente!



Inácio Dantas

(do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

domingo, 22 de setembro de 2013

Você, motivado para liderar! - Dez sugestões preciosas.


Você, motivado para liderar!

Dez sugestões para exercer boa liderança em equipes de trabalho.

1.Não “pegue pesado” nas broncas ao chamar a atenção de um subalterno pelo seu primeiro erro. Lembre-se antes de ser líder quantas vezes você errou pela primeira vez.

2.É função de um líder doutrinar os funcionários mais velhos que nunca é tarde para aprender novas técnicas e sempre é tempo para aprimorar-se, ousar e romper limites.

3.Ensinamentos do líder são preciosidades no dia a dia. Portanto, quando ele tecer explicações, se a régua do seu pensamento correr à frente, puxe as rédeas e não a deixe distanciar-se do cerne da questão.

4.Liderar uma equipe especializada é uma tarefa fácil. Fácil? É fácil para o líder tarimbado, que entende as virtudes e os defeitos dos funcionários e dedica-se a melhorar a performance do que está ruim e a otimizar o que está bom. Por isso, sempre, esteja intelectualmente à frente dos seus liderados!

5.Cultive afetividade e integração com os demais escalões da empresa. Amistosidade, temperança e compreensão para resolver problemas são formas de tornar fáceis as coisas complexas.

6.Ao ter que advertir um subalterno, faça-o no ato. Não postergue. Ficar indeciso a remoer as palavras mentalmente pode dar-lhes uma nova semântica. E, mais tarde, quando finalmente o fizer, o sentido das palavras nada terá a ver com a origem dos fatos...

7.Se você tem bom autocontrole para repreender seus liderados, imagine para ouvir repreensões dos seus superiores; é num momento assim que vai compreender por que temos dois ouvidos e uma boca...

8.Mantenha sua equipe na área de trabalho em altoastral, tranquila, harmônica. Empregados que trabalham motivados, normalmente, são os que menos erram e mais produzem.

9.Informação é igual fruta fresca, tem prazo de validade. Logo, liderado com dúvida, oriente-o. Guardar a informação é vê-la envelhecer e perder a essência.

10.Sim, ao liderar você encontrará pensamentos conflitantes. E aí perceberá que é muito mais difícil tornear as ideias de certos homens do que tornear um bloco de aço!

Inácio Dantas

Do livro Ebook “Você, motivado para Liderar” (+ de 300 sugestões)  – www.amazon.com.br

domingo, 1 de setembro de 2013

Sucesso e fracasso nas tentativas: Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!


Em busca do sucesso pessoal.
Fracasso nas tentativas? Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!

Não é somente com você que, de repente, o insucesso pode retornar de um investimento ou de um trabalho que levava fé e muito se dedicou. Avalie por essa tese: quantos empresários no mundo, hoje homens de sucesso, também um dia fracassaram?
Se acaso você experimentou o amargor de um retorno negativo, mantenha-se desperto, confiante e renove as tentativas. Não desanime, não esmoreça, nem desdenhe seus valores e qualidades. Nem pense que entre você e o sucesso há um vidro fino e translúcido que não lhe permite tocá-lo. Agir assim é conturbar os objetivos e poluir ainda mais o ar que respira. Deixar-se levar por um momentâneo insucesso? Jamais! Pegue um balde cheio de estímulo e despeje-o dentro de si mesmo!
Isso mesmo, o fracasso ficará calcado sob os seus pés. Ele foi algo súbito na sua caminhada, um simples tropeço para você parar, se reposicionar, e (re)direcionar-se em passos grandiosos. Logo, seja qual for o plano que traçou, e que não se concretizou, persista: não o aborte nem se dê como vencido.
Concentre-se positivamente, troque a desmotivação pelo revigorar do ânimo, evoque o sublime, a boa-sorte, o positivismo, a bem-aventurança!
Esmorecimentos e desmotivações não devem homiziar o corpo são, corpo de quem, esperançoso, tem objetivos mil para o futuro e é capaz de uni-los, qual elos de aço, numa corrente encadeadora de obras de grande vulto, que não só trazem o sucesso pessoal, mas sobretudo o sucesso de uma existência feliz e prazerosa.
Reflexão:
Todos investem de si para uma colheita de dias melhores. Porém, poucos são os lauréis, muitos os competidores. Se o esforço for além, e o retorno aquém, não “entregue os pontos”. Refaça os planos, retonifique os bíceps, recalcifique os ossos e volte à competição, ainda mais estimulado, animoso e forte!

Inácio Dantas

Do livro Ebook “Você, líder do seu sucesso!” – www.amazon.com.br


segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Crises: não acredite nelas, trabalhe!



Crise é uma conjuntura de desequilíbrio, situação anormal e grave. Pode ser passageira, pode ser duradoura. Enfrentamentos para transpô-las, sejam quais forem, devem ser implementados de pronto, pois decisões tardias podem revelar-se ineficazes e danosas.
Profissional que não quer ser levado pelo arrastão das crises deve estar firme e “ligado” no seu trabalho, aprimorando a todo momento seus conhecimentos e refinando sua profissão. Quando há uma crise no mercado, seja na demanda, oferta, governos, empresas, o primeiro ponto a ser abalado são os postos de trabalho. Profissionais, às vezes com vários anos de relevantes serviços prestados, são demitidos subitamente. A crise, que é do empregador, passa a ser também do empregado. Para não afetar a sustentabilidade corporativa, esta “livra-se” do seu material humano sob o pretexto de “contenção de custos”, desencadeando, num ciclo negativo, uma crise maior.
O profissional, diante desse grande desafio, que é sair de um trabalho e procurar outro, não deve deixar-se abater nem se desesperançar. A qualidade da sua mão-de-obra, seu expertise, suas iniciativas, inclinação para enfrentamentos e a busca por novas fontes de rendas, são recursos que deve pôr em prática e buscar a superação.
Mas, quais os conceitos-chaves para enfrentar os desafios e espantar o monstro das crises? Alguns exemplos:
-Resiliência: Capacidade de vencer adversidades, recuperando-se da queda ainda mais forte. Não se abater nem esmorecer frente à escuridão, mas acender a lâmpada das ideias e buscar rotas alternativas. Aqui inclui-se, entre outros: coragem, otimismo, perseverança, entusiasmo; reciclar-se nos estudos, buscar uma segunda ou terceira profissão, etc;
-Networking: Rede de Contatos. Abrir o guarda-chuva das comunicações, contatar os amigos e pedir socorro - na iminência de afogamento, uma boia no mar é um iate... A maioria dos novos postos de trabalhos obtidos na economia advém de “indicações” de parentes e amigos;
-Benchmarking: Busca das melhores práticas corporativas que conduzem ao desempenho superior. Você pode superar seus próprios limites. Crises não resistem a um trabalho árduo e benfeito. Se você sempre fez um determinado trabalho de uma forma, busque outros métodos de fazê-lo, com a mesma qualidade, racionalizando tempo e insumos: ¹‘economia de escala’ é ouro para as corporações;
-Criatividade: Capacidade de criar, dar origem a algo, inventar. Buscar no seio da inteligência o que não existe e precisa existir. A capacidade humana, posta à prova frente aos problemas, tende a superar-se e criar o incrível. Ponha essa pedra-preciosa para fora, pula-a e faça-a brilhar;
-Inovação: Capacidade de renovar, introduzir novidades ou de transformar o que existe em novo. Não confundir com “piratear” ou copiar. A inovação permite melhoria da coisa, agrega valor econômico, desperta interesse social e traz retorno financeiro;
-Força de Trabalho: Todos os conceitos anteriores canalizados em um só: força de trabalho. Com desprendimento, ir à luta com toda essa bagagem é ter grandes chances de derrotar as crises, estruturar a carreira profissional, estabilizar as finanças e ter um futuro promissor.
O trabalho é o antídoto das crises. Dificuldades e obstáculos não resistem a um trabalho contínuo e benfeito. Todavia, se se esforçou e atingiu o sucesso há que continuar se esforçando para mantê-lo: se fraquejar, em dois tempos ele se vai...

Inácio Dantas

(trecho do livro Ebook “Você, líder do seu Sucesso” – www.amazon.com.br)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Dez sugestões para ampliar sua visão sobre o trabalho.


Dez sugestões para ampliar sua visão sobre o trabalho.

1-Você, como todas as pessoas, tem uma hoste de enganos, mas tem também uma plêiade de acertos. Assim, ao olhar o próximo, tenha um olho fechado para os pecados e o outro aberto para o venerável!

2-Em se tratando de lutar pela felicidade, ninguém poderá considerá-lo um derrotado. A menos que você já tenha entregado os pontos e abandonado o jogo...

3-Muitos daqueles que abominam determinadas ações quando eram comandados, as praticam quando são comandantes.

4-Dê um desafio a alguém e depois de algum tempo, talvez, esteja resolvido. Agora, dê o mesmo desafio e a promessa de um prêmio: com certeza, num instante estará resolvido!

5-O bom diálogo é prenúncio do bom entendimento. Ciente disso porte-se com equilíbrio com o funcionário rebelde. A palavra é uma chibata invisível que é para ser usada, não para dominar, mas para domar.

6-Um bom funcionário com problemas particulares pode se transformar num mau funcionário. Ouça-o, cuide bem dele, ele lhe é valioso. Ou você vai se desfazer de uma pérola só por que ela não está brilhando?

7-Educação é como uma chave mágica: em qualquer lugar do mundo abre as portas. Por isso, talvez seja mais fácil que uma ordem seja executada pedindo, do que mandando.

8-A notabilidade na vida é obtida, ou pelas idéias criadas, ou pelos trabalhos feitos. Não espere, na cadeira do ócio, ser notabilizado por ideias que não criou ou  por trabalhos que não fez...

9-Aquele que fizer um trabalho errado e não se preocupar em descobrir onde errou, está condenado a, ao repetir o trabalho, repetir o erro.

10-Todos nós somos dotados de recursos próprios para enfrentar infortúnios. Cada qual, a seu modo, deve lutar usando sua força ou perspicácia. O importante é mostrar ao mundo que é feito de uma fibra que se verga, mas não quebra!

Inácio Dantas
Do livro “Dicas para um bom relacionamento no trabalho”


domingo, 28 de abril de 2013

Dia do trabalho: Doze “dicas” de trabalho para líderes e liderados.



Dia do trabalho: Doze “dicas” de trabalho para líderes e liderados

1-Se você galgou o posto de líder, cuidado com a empáfia. Ela é igual à nuvem, depois que o vento deforma nunca mais volta à forma original.

2-Ao explicar as operações de um trabalho seja direto e objetivo. Líder que exagera nos detalhes prejudica a compreensão.

3-Numa linha de produção, se o ferramental é apropriado e o profissional experiente, exija trabalho em alto padrão. Serviço bem feito cativa os clientes e aumenta o faturamento.

4-Cuidado com a vaidade. Quando o sucesso sobe à cabeça os pés perdem o contato com o chão. Humildade, amistosidade, afabilidade mantém você em perfeita sincronia com a equipe, aperfeiçoa seu comando e lhe permite boa performance dos trabalhos.

5-Em equipes de alto nível evite manter pessoas despreparadas ou incultas. Se você quer grandes trabalhos acerque-se de grandes inteligências!

6-Líder deve transbordar qualidades, não defeitos; deve irradiar certezas, não desconfianças; fazer-se mestre, não aprendiz; deve, nas suas ordens e orientações, demonstrar segurança e sapiência para, ao ser questionado, não silenciar, não dar respostas evasivas nem desdizer o que disse. Suas orientações, claras e programáticas, devem estar lastreadas pelo saber técnico afim de abreviar tarefas e expandir produção.

7-Quando alguém incompetente se julga líder, não são os problemas que o atrapalham, mas ele que se atrapalha com os problemas...

8-Disciplina, sensatez, retidão nos atos, comprometimento com os membros da equipe. Esse é o perfil do homem que se prepara, de comandado para comandante!

9-Atenção, não confunda mandar com comandar. Mandar é dar preferência às coisas em relação às pessoas; comandar é dar preferência às pessoas em relação às coisas.

10- Líder perspicaz, atencioso, guerreiro, é muitas vezes combatido, mas dificilmente derrotado!

11-Fantástico, líder que não ensina somente como manipular os átomos da matéria, mas que, principalmente, ensina como domar o gênio das pessoas!

12-Líder, imponha a força da sua presença na área de trabalho. Funcionário que você precisa advertir e ameaçar para realizar um serviço, afaste-o na primeira oportunidade. Não hesite. Ele pode até ter competência de “100%”, mas tem hombridade de “0%”!

Inácio Dantas
Do livro Ebook “Motivado para o Sucesso” – www.amazon.com.br


domingo, 21 de abril de 2013

Insight: você ainda vai ter um…



Insight: você ainda vai ter um…
(Insight: ideia que surge a qualquer hora do dia ou da noite)
Nos momentos de ócio, quando você está semidesperto e em semirrepouso, é quando o cérebro flana em brancas nuvens, tranquilo, os pensamentos se alinham, a verve desperta e os insights borbulham. Aí, inspirações brotam como sementes em terra fértil. É quando tomam formas um novo poema, música, obra de arte, a solução de um problema intrincado, a criação de um produto ou serviço inédito, projeto para aquisição de um novo carro, apartamento, o acalentar de um sonho de uma conquista amorosa...
Quando os insights vêm, têm de ser, na hora, capturados e mentalizados. Se viáveis, devem receber refinamento, melhoria na forma, contorno, conteúdo... Insight é como onda no mar, tem energia, forma, cor, poder, beleza... E, assim como as ondas, jamais tem dois iguais, como uma dupla impressão ou xérox.
Permita seu cérebro trabalhar a seu favor. Isso não é ser exigente consigo mesmo. Cérebro descansado é um manancial de boas novas, capaz de insights que o farão admirar-se do próprio cabedal, de ideários que você tem e está empilhado escondidamente nas infinitas prateleiras da mente.
Antecipe-se aos insights que estão na “moda”, pululando aí afora, os quais você pode ser o escultor que lhes darão forma e vida. Não deixe para outro o sucesso que pode ser seu.
Vida luta e sucesso é uma tríade que se interdepende, se une e propicia ganhos e dias melhores. Ou, afinal, você vai encaixotar as ideias e deixá-las para sempre empoeirando no sótão do crânio?
Inácio Dantas
do livro Ebook "Vida, luta e sucesso" - www.amazon.com.br