domingo, 21 de janeiro de 2018

Organização: agenda organizada, eficiência e produtividade.


Organização: agenda organizada, eficiência e produtividade.

Não confie sempre na memória, às vezes ela falha. Anote, registre fatos e dados importantes (datas, reuniões, eventos), mantenha seu ambiente de trabalho organizado e tenha como retorno alto índice de eficiência produtiva.

Quem trabalha com seu fluxo produtivo organizado, tanto no âmbito dos fatores da produção (matéria-prima) quanto no administrativo, obtém melhor performance na execução dos produtos ou serviços – custos e qualidade. Mentalize esse conceito. Imbuído do senso de organização, e com os olhos no gráfico das vendas e lucros, mantenha o pique organizacional e siga em busca da maximização dos resultados. Lembre-se, o “único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário” (Einsten).
Organize-se. Mantenha seus compromissos em dia. Evite improvisar. Anote, faça uso de computadores, agendas, post-its e lembretes, pois não convém ficar à mercê da memória, às vezes ela falha.
Organize seus arquivos, pastas, fichários, “arquivo-morto”, etc. Mantenha-os com identificação de conteúdo, data, hora, etc, em ordem cronológica. Um cuidado especial com os documentos sigilosos, mantendo-os sob chave. Outro cuidado também importante é com os dados e documentos registrados na contabilidade, os quais têm exigibilidade fiscal de pelo menos cinco anos. Guarde em ordem de vencimentos seu “contas a pagar”. Títulos pagos arquive-os de forma a serem acessados facilmente em caso de imprevisto com os fornecedores. Da mesma forma, tenha seu “contas a receber” em perfeita ordem, assim na hipótese de atrasos ou ausência de pagamento poder acionar a cobrança de imediato.
Organize o fluxo produtivo. Quantidade e ritmo dos insumos e matérias-primas aplicadas na produção. Pense que “rebarbas” em demasia, operações ineficientes (peças “mortas”), morosidade nas etapas produtivas, geram acréscimo de custo, perde-se tempo, retarda-se o faturamento e reduz os lucros.
Algumas dicas:
-Selecione, organize e defina as tarefas do dia;
-Planeje o quanto de mão-de-obra e material serão necessários (uma pessoa ou uma equipe) ou q quantidade material (“x” ou “y” quantidade) e o quanto de recursos financeiros;
-Estabeleça os métodos para execução (Equipamento, ferramental, maquinário), se próprio ou terceirizado;
-Defina o tempo demandado – (Início e final. Horas, dias, semanas, etc);
-Estabeleça um “plano B” para o caso de imprevistos;
Antecipe-se aos fatos. Não se acomode, não deixe acontecer para depois agir. Acerte as velas ao vento para o rumo certo. Mantenha-se informado da execução dos projetos, tempo, custos e receitas. Atualize-se sempre que houver alterações no âmbito operacional. Disponha de material de apoio (planilhas eletrônicas, relatórios e softwares) para compilar as informações e ter tudo à mão com segurança e rapidez.
Crie ou reorganize rotinas para o melhor fluxo dos trabalhos. Com isso você perceberá “gargalos” e evitará a falta ou a repetição de operações. Isso lhe permitirá racionalizar tempo e economizar insumos, despesas variáveis e mão de obra. Considere a possibilidade das técnicas:
-Curva das Possibilidade de Produção – CPP
-Custo de Oportunidade
 Tenha em mente o objetivo da “economia de escala”: Produzir mais, em menos tempo, com o menor custo possível.”
A boa organização é o êmbolo propulsor do seu sucesso. E isso depende da sua proação, olhar “fino” e ajustes que permitam, depois de muito esforço e comprometimento, um trabalho bem feito e resultados excepcionais.

Prof. Inácio Dantas
Do livro “Lições para o Autoaperfeiçoamento Profissional”

domingo, 14 de janeiro de 2018

“Gênios”, seres a um passo do autoaperfeiçoamento


“Gênios”, seres a um passo do autoaperfeiçoamento

Como você está trabalhando seus dotes intelectuais, sua genialidade, seja ela em que área da atividade humana estiver? Ponha-a em prol de si mesmo. Curse uma faculdade.  Não perca tempo velejando nas “ondas do nada”, indo para porto nenhum... Estude, supere-se, ultrapasse seus limites e realize os mais inacessíveis sonhos!

Todos nós, sem exceção, precisamos ser talhados com o formão do aperfeiçoamento – por mais “gênios” ou perfeitos que julguemos ser...  A questão é, ou brilhamos intensamente ou ficamos no semibrilho ou na palidez... A sociedade carece de profissionais de altonível, gênios ou não, pois o mundo cresce e enfrenta um dilema, como bem define o Modelo Econômico, “os recursos são escassos e as necessidades ilimitadas”. Capital, Terra, Trabalho, Tecnologia, Capital Empresarial, tudo têm de se congregar harmonicamente para que haja equilíbrio nessa dicotomia da raça humana. Por conseguinte, os recursos têm de crescer a taxas geométricas para acompanhar a demanda global que cresce na mesma velocidade.

Valorizar os mestres, técnicos, ensinadores...

Não é cabível “aluno agredir professores ou destratar mestres, ou ainda governos dar-lhes salários aviltantes...” Ao contrário, é um erro fatal. Há que se privilegiar a escola e esses guerreiros, mestres dos mestres, afinal estão nas mãos deles a execução do lema que sintetiza a bandeira brasileira: “Ordem e Progresso”.
Por outro lado, não se pode desperdiçar talentos, veio aurífero que brota na mente de muitos e que podem ser bem explorados pelo garimpeiro-mor, o professor, e rapidamente e atingir o auge.
Cumpre à sociedade e governantes investir para que esse ouro não vire lama e perca-se na enxurrada do descaso, relegando-nos a eternidade do “país do futuro”. Há que se desencavar essas joias do fundo das gavetas ministeriais com leis e recursos, investimentos massivos para o lembramento de brasileiros e brasileiras “gênios”, pedras semipreciosas, prontos para serem lapidados. Serão eles que comporão o tão sonhado “valor agregado” das riquezas nacionais, e, enfim, nos tornará uma verdadeira potência mundial!

Prof. Inácio Dantas
Do livro “Lições para o Autoaperfeiçoamento Profissional”

sábado, 6 de janeiro de 2018

Big-Companies. Você um dia pode também chegar lá!


Você, empreendendo seu próprio sucesso (“Queira, você pode”)!


Não deixe para depois o que pode fazer agora”: esta máxima é antiga, mas atual e verdadeira. Tempo perdido é riqueza jogada num bueiro... A “dica” é: corra atrás dos seus sonhos, realize seus planos e projetos. Mas, para sagrar-se vencedor, outra “dica”: autoaperfeiçoe-se. A disputa existe, é tensa e quem sair na frente chega primeiro – e ocupa um lugar privilegiado no ranking global.


1.Autoaperfeiçoando a si mesmo

Invista em você, qualifique-se. Seja o que quer ser, faça o que quer fazer, conquiste o que quer conquistar. Por que não? Você pode, sim senhor! Mas, aja rápido e com assertiva. Use atalhos (lícitos) para “chegar lá”. Cansaço? Preguiça? Nada disso! Encoraje-se: o campus da faculdade é receptivo e aprazível, local onde borbulha cultura, saber, conhecimento.
Se for o caso, mude de curso[1], de instituição – não estude o que não assimila, simplesmente para ter o status de bacharel. Estude, isto sim, para transformar-se, absorvendo conhecimentos que o impulsionem, não só à formatura, mas sobretudo ao domínio de técnicas e procedimentos, burilando seu autoaperfeiçoamento. Mas, atenção, sempre dentro do que você busca para si, dos seus sonhos, onde você encontra sua realização e completude. O dinheiro? Não se preocupe, ele vem!
Não trabalhe no que não o faz realizado. Poupe tempo, gastos, massa cefálica...
Bandeie para o canteiro dos seus sonhos e construa sua obra. Talvez na mesma empresa (Mudança linear, ascensão...), ou em outra filial ou até mesmo em outra empresa, e, quiçá, num negócio próprio...

2.Microempreendedor individual-MEI[2]

A Lei Complementar nº 128/2008 que alterou a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (Lei Complementar nº 123/2006) cria a figura do Microempreendedor Individual. Essa é uma opção, fácil, baixíssimo custo (impostos, contador, papelada...) para você constituir seu próprio negócio, ser seu próprio patrão. No portal do Empreendedor você pode “abrir” sua empresa, em questão de minutos, ter seu próprio CNPJ, emitir nota-fiscal e iniciar sua atividade.
Grandes negócios começam pequenos...
Quer um baita incentivo? Então veja o exemplo do estadunidense Bill Gates, multibilionário, dono da Microsoft, uma das maiores corporações do mundo na área de tecnologia da informação (Dona do Windows). Ele começou humildemente “numa pequena garagem”, e, com muito trabalho e inteligência hoje é um expoente mundial.
Autoaperfeiçoar-se: ponha isso no seu crânio como objetivo financeiro, de ser e viver. Se se sentir pronto para alçar voo próprio, abra sua MEI (o custo de impostos é algo em torno de 5% do Salário Mínimo) e expanda seu talento, dê luz à sua criatividade, energize sua força de trabalho, produza bens e serviços e tenha uma existência alicerçada nos seus próprios passos, uma trajetória segura, longeva e feliz.

3.Você no mercado de trabalho – “o (a) melhor”.

Autoaperfeiçoar-se é palavra da hora, arma de sobrevivência na selva das competições.
Hoje, nesse mundo competitivo, um profissional quer “ser melhor que outro”, seja em que função ou atividade for. Essa qualificação, no âmbito das ciências econômicas, está no rol das “Estruturas de Mercado” e denomina-se “Concorrência Monopolística”[3]. Ora, quem é o “melhor” tem melhores ofertas de trabalho, maior demanda por sua mão-de-obra e melhores salários. Um exemplo típico é o CR7, o português Cristiano Ronaldo[4], eleito (2017) o melhor jogador de futebol do mundo: seus ganhos são astronômicos, associado ao prestígio internacional. Ou ainda, a cantora estadunidense Taylor Swift, uma cantora que supera milhões de discos vendidos (2017), acumulando fortunas imensuráveis.
Empreender o próprio sucesso é interessante porque você pouco depende dos outros e muito mais de si mesmo. Basta você querer e propor esse desafio para si mesmo. Essa é mensagem para pô-lo otimista, arregaçar as mangas e entrar em ação, afinal, “querer é poder!”.
Veja como eram as estruturas das “Big-Companies” de hoje, num passado não remoto...




[1] Ainda na Faculdade Uniesp (São Caetano do Sul, SP), estimulei a aluna (cito nominalmente) Carla, que era minha aluna no curso de Administração, com grande conhecimento Contábil, a mudar de curso para Ciências Contábeis. Ela o fez, passou no exame de suficiência do CRC e hoje é uma contadora proficiente.
[2] https://portaldoempreendedor.adm.br/registrar-mei-microempreendedor-individual
[3] Veja todos os tipos de “Estruturas de Mercado”, “Monopólio”, “Duopólio”, Monopsônio, etc, com exemplos, no livro do mesmo autor “Ser Líder. Pequena Bíblia do Líder”.
[4] Com ganhos de R$ 338,7 milhões ao longo de 2016, o craque português do Real Madrid supera  

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Análise das Demonstrações Contábeis e Lições para o Autoaperfeiçoamento Profissional

Amigos Contabilistas, Administradores, estudantes e profissionais da área de gestão/liderança.

Conheçam dois livros meus recém-lançados e que vão de encontro ao que você precisa para especializar-se ainda mais na sua profissão.

O livro "Ensaio sobre o Crescimento/Redução do Ativo Total" - "Análise das Demonstrações Contábeis" é um livro sobre o tema, de uma forma muito didática, com exercícios e que vai lhe permitir sedimentar os conhecimentos em análises de balanços. O que você não aprendeu na sala de aula, agora você aprenderá de uma forma fácil e rápida.





















Adquira-o em forma impressa no Mercado Livre:

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-939001476-livro-de-contabilidade-analise-das-demonstracoes-contabeis-_JM

------------------------------

O outro livro é sobre autoaperfeiçoar-se na sua profissão. Dúvidas, sugestões, dicas para você aperfeiçoar-se e estar firme à frente das decisões da sua empresa.
São 61 lições com abordagens fruto de uma experiência de 50 anos liderando equipes em empresas de grande porte, somado às experiências como professor universitário em grandes Universidades de São Paulo.
















Adquira no formato impresso no Mercado Livre:

https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-941868881-licoes-para-o-aperfeicoamento-profissional-_JM

Ambos os livros também podem ser adquiridos em formato digital no portal Amazon.com.br

https://www.amazon.com.br/Ensaio-sobre-Crescimento-Redu%C3%A7%C3%A3o-Ativo-ebook/dp/B01MS9Y35V/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1513885387&sr=8-1&keywords=inacio+dantas%2C+ensaio


https://www.amazon.com.br/Li%C3%A7%C3%B5es-para-Autoaperfei%C3%A7oamento-Profissional-Curiosidades-ebook/dp/B008SGZB2U/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1513886010&sr=8-1&keywords=li%C3%A7%C3%B5es%2C+inacio+dantas


Comece 2018 fazendo a diferença!

prof. Inácio Dantas

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Amizades & Trabalho não se coadunam...



Amizades & Trabalho


Muitos profissionais perdem conceito numa corporação, e até o próprio emprego, por privilegiar ou “proteger” amigos, quer seja escondendo serviços errados ou até mesmo fazendo por eles o serviço deles. Não seja vítima, fuja dessa armadilha. Como diz o dizer, “amigos, amigos; negócios à parte”...


Amizades e trabalho não se misturam no ambiente corporativo. São duas coisas heterogêneas que ao se misturarem conflitam-se e uma pode prejudicar a outra. Quando o lado dos sentimentos se sobrepõe ao profissional o resultado final é um trabalho medíocre – e até mesmo prejudicial ao próprio profissional. E isso não faz parte dos planos, afinal degrada a qualidade dos itens/marcas do portfólio da empresa.
Se você se inserir nesse caso, há um dilema a optar: ou a amizade ou a empresa. É única a sua decisão – mesmo que você seja dono da empresa. Divida e separe as coisas bem definidamente. Amizades são bens que se “guardam no lado esquerdo do peito”, mas sob o logotipo da empresa - o qual está acima, emblema principal. Amizades? No lado externo dos seus portões, pois intramuros o aspecto profissional “fala mais alto” e deve ser seguido e respeitado em prol de trabalhos, produtos em alto nível e a própria subsistência da empresa.
Amizades geram privilégios; privilégios geram inveja e ciúmes dos demais; conclusão: ruptura dos laços do bom-convívio entre os profissionais, quebra do ritmo no processo produtivo, diminuição da eficiência, aumento de acidentes, “mortes” de peças e produtos, atrasos nos pedidos, prejuízos...

Exemplos  para reflexão:

-Você assumiu um novo posto de trabalho? Bem, a partir de agora mude o seu jeito de ser. Você tem seu estilo nato, sua “marca registrada”. Mantenha-os, seja original. Conheça seus novos parceiros, seja amigo de todos e que todos sejam seus amigos. Agora você precisa deles, e a recíproca é verdadeira. Porém, jamais misture amizade & trabalho, eis que durante o horário de expediente seu contrato é com a empresa. E, com os amigos, após o sinal de encerramento da jornada, além dos muros da empresa.  

 Aquele “bom e grande amigo” que lhe prestou favores inestimáveis no particular, ao qual você “deve obrigações”, reserve-se de “quitar essa dívida moral” com assuntos (dentro ou fora da empresa) que envolvam o nome da corporação que vocês trabalham juntos. Quando esse tipo de “compromisso” é levado das ruas para dentro dos setores da empresa (e acontecem com constância), ao final acabam por prejudicar ambas as partes. Lembre-se sempre: amizade & trabalho são “água e óleo”, imiscíveis!

Prof. Inácio Dantas
Do livro “Lições para o Autoaperfeiçoamento Profissional”



domingo, 12 de novembro de 2017

Ebitda agora é lei. CVM 527/12

Atenção contabilistas para essa matéria:
Cálculo do Ebitda agora é lei!!
Você que já recebeu seu CRC deve ter conhecimentos de Análise de Balanço avançados. O Ebitda é um item. Veja como é o cálculo com exemplos práticos no meu livro de "Ensaio", com vários temas importantes que vc não pode falar que "desconhece"...:


Adquira:

em formato digital:

em formato impresso:

Peça-me o livro impresso (R$ 60,00 incluso correios)



segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Preparo, inteligência, voz de comando: você pronto para a liderança!


Preparo, inteligência, voz de comando: você pronto para a liderança!

Se você quer amanhã ser o primeiro, prepare-se hoje!
A escola da vida não tem horário e jamais fecha as portas. Nessa escola ensina-se professores e aprende-se com alunos. A prova final vivemo-la a cada instante, dia a dia.
Em busca do diploma muitos competidores estarão contigo na mesma arena.  Não enfrente a disputa sem os paramentos do esforço físico ou do saber. Esteja cônscio que competição é uma selva repleta de leões digladiando-se. Quem não tiver o broquel do preparo será vencido.
Prefira sentir a derrota, lutando, a sentir-se um derrotado sem lutar!
Você pode modificar o mundo, impulsioná-lo para a frente, torná-lo mais equitativo, racional, humano.
Portanto, não adormeça à plena luz do dia. O mundo, essa grande sala de aula, o espera. Prepare-se.
Não espere os acontecimentos, mas, antecipe o acontecer!

>> 

Você está solidificando sua dignidade, quando:
-Em tudo que faz tenta a perfeição, mesmo sabendo ser imperfeito.
-Para não dar prejuízo a ninguém, às vezes priva-se do lucro.
-Engole desaforo para não vomitar violência.
-Só está completamente feliz quando olha ao redor e não vê ninguém triste.
-Em tudo é fiel aos seus princípios, pois fidelidade é o princípio de tudo.
-Tem cuidado ao falar, pois palavras de amor e ódio se projetam da mesma boca.
-Vence suas lutas, não com violência, mas com inteligência.
-No calor de uma disputa usa a frieza do raciocínio.
-Não acredita em quem diz mentiras para não perder o crédito ao dizer verdades.

>> 

Muitas vezes em sua vida você vai receber ordens. Outras tantas vai ordenar. O mundo é assim, feito de poucos comandantes e muitos comandados. Alguns nasceram para a batuta da liderança, outros para manipular a foice e o martelo.
Porém, dar ordens vai exigir dupla energia: Saber expressá-la de forma compreensível e depois orientar como procedê-la. Por isso tenha a língua sábia e incansável para dar ordens; os ouvidos atentos e afinados para ouvi-las, e, a mente aberta e em sintonia para processar e responder profissionalmente.
Jamais ordene com raiva ou impetuosidade. Processe antes no cérebro para não dar ordem duvidosa. Por outro lado, ouça-a com atenção, processe-a na mente e não execute-a em dúvida.
Lembre-se: Para executar uma ordem use a técnica e para ordenar use a inteligência.

Inácio Dantas

(do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Contabilidade: Cálculo das Aplicações/Origiens, NOPAT, ROA, ROI, ROA, ki


Amigos(as) contabilistas, alunos\(as) e estudantes de contabilidade:


Conheçam meu mais novo trabalho na área Contábil: “Ensaio sobre o Crescimento/Redução do Ativo Total”

É uma abordagem sobre como calcular as "Aplicações" no Ativo Total de uma empresa. Lembre-se que as "fontes ou Origens" é de onde provêm as riquezas, e o Ativo é para onde elas são carreadas. Por exemplo, se uma empresa tem um % de crescimento nos seus Ativos, de onde ele provêm? E se for uma redução, de onde provem? Quais contas contábeis do Passivo ou do Patrimônio Líquido, e em que percentuais, contribuíram para que houvesse o crescimento/redução do Ativo? 


As fórmulas e modelos abordados nesse trabalho são de criação do professor Inácio Dantas. É um método INÉDITO. Incluso ainda no presente trabalho:


*Técnicas de Análise Horizontal e Vertical do Balanço Patrimonial e DRE


*Técnicas de diagnóstico nas Análises. Horizontal/Vertical, ROA etc


*Como determinar taxas de retorno ROE, ROA, ROI, Nopat, Ki, considerando empresas com "Prejuízo Contábil" e 
"Lucro Fiscal"; empresas com Receitas Financeiras maiores que as despesas financeiras, Empresas que só têm Receitas Financeiras, etc.


Adquira o seu.

Livro em formato impresso acesse aqui:


Amazon:


Em formato digital aqui:

Amazon:





Prof. Inácio Dantas

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Autoconfiança, capacidade: caminho seguro para o ápice!


     Autoconfiança, capacidade: caminho seguro para o ápice!

     Irradie autoconfiança no que fizer!   
     Planifique o que está em sua mente. Raciocine e organize-se previamente. Não deixe tudo para a “última hora”.
     Demonstre-se seguro, aprumado, capaz. Você o é.
     Crie métodos eficazes para expor seu conhecimento. Controle a ansiedade - administre o entusiasmo. Quem o ouve quer saber o que sabe e conhecer o quanto do seu conhecimento.
     Não hesite ao revelar suas aptidões. Deixe-as fluir com naturalidade. O nervosismo bloqueia a mente e aprisiona o saber. Medo de errar é o maior obstáculo para acertar.
     Faça sua voz, gestos, movimentos, saírem naturais, livres, leves, soltos. Cause boa impressão. A reação das pessoas é o seu referencial: Sorrisos são aplausos, rugas são vaias.
     Não se acanhe, confie em si e ouse.
     Lute com a arma do saber e vença pela capacidade!

.                                                     ##

     Se você errou tire lições dos seus erros!
     Se num remédio amargo há boa eficácia, na pior lição pode haver excelente aprendizado. E quem aprende nos pequenos erros, hoje, prepara-se para grandes acertos amanhã.
     Errar é um defectivo, uma imperfeição humana. Todos estamos suscetíveis, todos erramos. Está arraigado nos genes. É inerente...
     Embora não haja quem acerte sempre e nem quem não erre nunca, devemos nos “fiscalizar” para jamais repetir o mesmo erro.
    “Filtre” as coisas boas e ruins que ocorrem á sua volta. Se há fatalidades são prerrogativas do destino. Tomemo-las como referencial do que evitar. Aumentar acertos pode ser feito com a redução de erros.
     Evite repetir o mesmo erro e siga em frente, melhorando sua autoestima, aumentando o patrimônio e o prazer de viver.

.                                                     ##

     Você está subindo os degraus para atingir o mais alto nível, quando:
     -Para não ferir a honradez veste a couraça da honestidade.
     -Transmite indubitável certeza quando o momento é de dúvida.
     -Prefere o prejuízo e viver em paz, ao lucro e viver em desarmonia.
     -Enxuga as lágrimas da tristeza com o manto do sorriso.
     -Perde pequeno tempo com o entendimento para não ganhar séculos de intolerância.
     -Fala com a voz tênue da compreensão para não ouvir gritos de desavença.
     -Vive com a cabeça viajando em sonhos, mas com as mãos constrói realidades.
     -Traz o repouso da tranqüilidade quando há o despertar da violência.
     -Tem sensibilidade nas palavras para não magoar sentimentos.

     Inácio Dantas

     (do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

domingo, 20 de agosto de 2017

Fracasso nas tentativas? Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!


Em busca do sucesso pessoal.
Fracasso nas tentativas? Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!

Não é somente com você que, de repente, o insucesso pode retornar de um investimento ou de um trabalho que levava fé e muito se dedicou. Avalie por essa tese: quantos empresários no mundo, hoje homens de sucesso, também um dia fracassaram?
Se acaso você experimentou o amargor de um retorno negativo, mantenha-se desperto, confiante e renove as tentativas. Não desanime, não esmoreça, nem desdenhe seus valores e qualidades. Nem pense que entre você e o sucesso há um vidro fino e translúcido que não lhe permite tocá-lo. Agir assim é conturbar os objetivos e poluir ainda mais o ar que respira. Deixar-se levar por um momentâneo insucesso? Jamais! Pegue um balde cheio de estímulo e despeje-o dentro de si mesmo!
Isso mesmo, o fracasso ficará calcado sob os seus pés. Ele foi algo súbito na sua caminhada, um simples tropeço para você parar, se reposicionar, e (re)direcionar-se em passos grandiosos. Logo, seja qual for o plano que traçou, e que não se concretizou, persista: não o aborte nem se dê como vencido.
Concentre-se positivamente, troque a desmotivação pelo revigorar do ânimo, evoque o sublime, a boa-sorte, o positivismo, a bem-aventurança!
Esmorecimentos e desmotivações não devem homiziar o corpo são, corpo de quem, esperançoso, tem objetivos mil para o futuro e é capaz de uni-los, qual elos de aço, numa corrente encadeadora de obras de grande vulto, que não só trazem o sucesso pessoal, mas sobretudo o sucesso de uma existência feliz e prazerosa.
Todos investem de si para uma colheita de dias melhores. Porém, poucos são os lauréis, muitos os competidores. Se o esforço for além, e o retorno aquém, não “entregue os pontos”. Refaça os planos, retonifique os bíceps, recalcifique os ossos e volte à competição, ainda mais estimulado, animoso e forte!

Prof. Inácio Dantas

Do livro  “Você, líder do seu sucesso” – www.amazon.com