domingo, 12 de novembro de 2017

Ebitda agora é lei. CVM 527/12

Atenção contabilistas para essa matéria:
Cálculo do Ebitda agora é lei!!
Você que já recebeu seu CRC deve ter conhecimentos de Análise de Balanço avançados. O Ebitda é um item. Veja como é o cálculo com exemplos práticos no meu livro de "Ensaio", com vários temas importantes que vc não pode falar que "desconhece"...:


Adquira:

em formato digital:

em formato impresso:

Peça-me o livro impresso (R$ 60,00 incluso correios)



segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Preparo, inteligência, voz de comando: você pronto para a liderança!


Preparo, inteligência, voz de comando: você pronto para a liderança!

Se você quer amanhã ser o primeiro, prepare-se hoje!
A escola da vida não tem horário e jamais fecha as portas. Nessa escola ensina-se professores e aprende-se com alunos. A prova final vivemo-la a cada instante, dia a dia.
Em busca do diploma muitos competidores estarão contigo na mesma arena.  Não enfrente a disputa sem os paramentos do esforço físico ou do saber. Esteja cônscio que competição é uma selva repleta de leões digladiando-se. Quem não tiver o broquel do preparo será vencido.
Prefira sentir a derrota, lutando, a sentir-se um derrotado sem lutar!
Você pode modificar o mundo, impulsioná-lo para a frente, torná-lo mais equitativo, racional, humano.
Portanto, não adormeça à plena luz do dia. O mundo, essa grande sala de aula, o espera. Prepare-se.
Não espere os acontecimentos, mas, antecipe o acontecer!

>> 

Você está solidificando sua dignidade, quando:
-Em tudo que faz tenta a perfeição, mesmo sabendo ser imperfeito.
-Para não dar prejuízo a ninguém, às vezes priva-se do lucro.
-Engole desaforo para não vomitar violência.
-Só está completamente feliz quando olha ao redor e não vê ninguém triste.
-Em tudo é fiel aos seus princípios, pois fidelidade é o princípio de tudo.
-Tem cuidado ao falar, pois palavras de amor e ódio se projetam da mesma boca.
-Vence suas lutas, não com violência, mas com inteligência.
-No calor de uma disputa usa a frieza do raciocínio.
-Não acredita em quem diz mentiras para não perder o crédito ao dizer verdades.

>> 

Muitas vezes em sua vida você vai receber ordens. Outras tantas vai ordenar. O mundo é assim, feito de poucos comandantes e muitos comandados. Alguns nasceram para a batuta da liderança, outros para manipular a foice e o martelo.
Porém, dar ordens vai exigir dupla energia: Saber expressá-la de forma compreensível e depois orientar como procedê-la. Por isso tenha a língua sábia e incansável para dar ordens; os ouvidos atentos e afinados para ouvi-las, e, a mente aberta e em sintonia para processar e responder profissionalmente.
Jamais ordene com raiva ou impetuosidade. Processe antes no cérebro para não dar ordem duvidosa. Por outro lado, ouça-a com atenção, processe-a na mente e não execute-a em dúvida.
Lembre-se: Para executar uma ordem use a técnica e para ordenar use a inteligência.

Inácio Dantas

(do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Contabilidade: Cálculo das Aplicações/Origiens, NOPAT, ROA, ROI, ROA, ki


Amigos(as) contabilistas, alunos\(as) e estudantes de contabilidade:


Conheçam meu mais novo trabalho na área Contábil: “Ensaio sobre o Crescimento/Redução do Ativo Total”

É uma abordagem sobre como calcular as "Aplicações" no Ativo Total de uma empresa. Lembre-se que as "fontes ou Origens" é de onde provêm as riquezas, e o Ativo é para onde elas são carreadas. Por exemplo, se uma empresa tem um % de crescimento nos seus Ativos, de onde ele provêm? E se for uma redução, de onde provem? Quais contas contábeis do Passivo ou do Patrimônio Líquido, e em que percentuais, contribuíram para que houvesse o crescimento/redução do Ativo? 


As fórmulas e modelos abordados nesse trabalho são de criação do professor Inácio Dantas. É um método INÉDITO. Incluso ainda no presente trabalho:


*Técnicas de Análise Horizontal e Vertical do Balanço Patrimonial e DRE


*Técnicas de diagnóstico nas Análises. Horizontal/Vertical, ROA etc


*Como determinar taxas de retorno ROE, ROA, ROI, Nopat, Ki, considerando empresas com "Prejuízo Contábil" e 
"Lucro Fiscal"; empresas com Receitas Financeiras maiores que as despesas financeiras, Empresas que só têm Receitas Financeiras, etc.


Adquira o seu.

Livro em formato impresso acesse aqui:


Amazon:


Em formato digital aqui:

Amazon:





Prof. Inácio Dantas

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Autoconfiança, capacidade: caminho seguro para o ápice!


     Autoconfiança, capacidade: caminho seguro para o ápice!

     Irradie autoconfiança no que fizer!   
     Planifique o que está em sua mente. Raciocine e organize-se previamente. Não deixe tudo para a “última hora”.
     Demonstre-se seguro, aprumado, capaz. Você o é.
     Crie métodos eficazes para expor seu conhecimento. Controle a ansiedade - administre o entusiasmo. Quem o ouve quer saber o que sabe e conhecer o quanto do seu conhecimento.
     Não hesite ao revelar suas aptidões. Deixe-as fluir com naturalidade. O nervosismo bloqueia a mente e aprisiona o saber. Medo de errar é o maior obstáculo para acertar.
     Faça sua voz, gestos, movimentos, saírem naturais, livres, leves, soltos. Cause boa impressão. A reação das pessoas é o seu referencial: Sorrisos são aplausos, rugas são vaias.
     Não se acanhe, confie em si e ouse.
     Lute com a arma do saber e vença pela capacidade!

.                                                     ##

     Se você errou tire lições dos seus erros!
     Se num remédio amargo há boa eficácia, na pior lição pode haver excelente aprendizado. E quem aprende nos pequenos erros, hoje, prepara-se para grandes acertos amanhã.
     Errar é um defectivo, uma imperfeição humana. Todos estamos suscetíveis, todos erramos. Está arraigado nos genes. É inerente...
     Embora não haja quem acerte sempre e nem quem não erre nunca, devemos nos “fiscalizar” para jamais repetir o mesmo erro.
    “Filtre” as coisas boas e ruins que ocorrem á sua volta. Se há fatalidades são prerrogativas do destino. Tomemo-las como referencial do que evitar. Aumentar acertos pode ser feito com a redução de erros.
     Evite repetir o mesmo erro e siga em frente, melhorando sua autoestima, aumentando o patrimônio e o prazer de viver.

.                                                     ##

     Você está subindo os degraus para atingir o mais alto nível, quando:
     -Para não ferir a honradez veste a couraça da honestidade.
     -Transmite indubitável certeza quando o momento é de dúvida.
     -Prefere o prejuízo e viver em paz, ao lucro e viver em desarmonia.
     -Enxuga as lágrimas da tristeza com o manto do sorriso.
     -Perde pequeno tempo com o entendimento para não ganhar séculos de intolerância.
     -Fala com a voz tênue da compreensão para não ouvir gritos de desavença.
     -Vive com a cabeça viajando em sonhos, mas com as mãos constrói realidades.
     -Traz o repouso da tranqüilidade quando há o despertar da violência.
     -Tem sensibilidade nas palavras para não magoar sentimentos.

     Inácio Dantas

     (do livro ® “Pequenas Lições de Sabedoria”)

domingo, 20 de agosto de 2017

Fracasso nas tentativas? Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!


Em busca do sucesso pessoal.
Fracasso nas tentativas? Não desanime, não esmoreça. Erga a cabeça e prossiga!

Não é somente com você que, de repente, o insucesso pode retornar de um investimento ou de um trabalho que levava fé e muito se dedicou. Avalie por essa tese: quantos empresários no mundo, hoje homens de sucesso, também um dia fracassaram?
Se acaso você experimentou o amargor de um retorno negativo, mantenha-se desperto, confiante e renove as tentativas. Não desanime, não esmoreça, nem desdenhe seus valores e qualidades. Nem pense que entre você e o sucesso há um vidro fino e translúcido que não lhe permite tocá-lo. Agir assim é conturbar os objetivos e poluir ainda mais o ar que respira. Deixar-se levar por um momentâneo insucesso? Jamais! Pegue um balde cheio de estímulo e despeje-o dentro de si mesmo!
Isso mesmo, o fracasso ficará calcado sob os seus pés. Ele foi algo súbito na sua caminhada, um simples tropeço para você parar, se reposicionar, e (re)direcionar-se em passos grandiosos. Logo, seja qual for o plano que traçou, e que não se concretizou, persista: não o aborte nem se dê como vencido.
Concentre-se positivamente, troque a desmotivação pelo revigorar do ânimo, evoque o sublime, a boa-sorte, o positivismo, a bem-aventurança!
Esmorecimentos e desmotivações não devem homiziar o corpo são, corpo de quem, esperançoso, tem objetivos mil para o futuro e é capaz de uni-los, qual elos de aço, numa corrente encadeadora de obras de grande vulto, que não só trazem o sucesso pessoal, mas sobretudo o sucesso de uma existência feliz e prazerosa.
Todos investem de si para uma colheita de dias melhores. Porém, poucos são os lauréis, muitos os competidores. Se o esforço for além, e o retorno aquém, não “entregue os pontos”. Refaça os planos, retonifique os bíceps, recalcifique os ossos e volte à competição, ainda mais estimulado, animoso e forte!

Prof. Inácio Dantas

Do livro  “Você, líder do seu sucesso” – www.amazon.com



segunda-feira, 31 de julho de 2017

Autocontrole do líder (I) Dez situações a considerar.


Autocontrole do líder (I) Dez situações a considerar.

1-O líder deve liderar dentro da empresa e ser amigo fora dela. Confundir essas premissas é, ou ser mau líder ou mau amigo...
2-O líder que, diligente, tem um olhar para a produção e outro para o produto, vê com os olhos da face e enxerga com os olhos da inteligência.
3-Líder com sério conflito íntimo deve abster-se de litigar com os subalternos. Levado por um ímpeto momentâneo pode transformar um retângulo de chão numa praça de guerra...
4-Ante uma dúvida acalorada na execução de um trabalho, onde o liderado está certo e o líder errado, este deve manter o autocontrole, aceitar que foi superado e fazer da lição um aprendizado.
5-Líder jamais deve perder o controle e deixar-se levar pela emoção repentina, seja qual for o motivo ou provação. Se ele mal conseguir controlar a si mesmo, como bem irá controlar a equipe?
6-Funcionários que se engalfinham dentro dos limites da empresa devem ser separados e repreendidos de pronto. Urge ao líder, com autocontrole e sem tomar partido, apurar os fatos e punir exemplarmente o responsável.
7-O sentimento de amor que um novo funcionário estampa na face ao ser admitido deve persistir enquanto ele fizer parte do quadro funcional. Cabe ao líder conviver com ele em paz para que, de repente ao ser demitido, aquele que trouxe o amor não deixe o ódio...
8-Baixarias, destrato e xingamentos de parte a parte nos limites da empresa é uma cena a evitar. É até admissível um liderado se descontrolar, mas o líder não. Ante um confronto, o líder está treinado e preparado para “esfriar” e não para pôr mais “lenha na fervura”...
9-A tarefa mais desafiadora de um líder é fazer um profissional, que custa alguns reais por hora, pilotar uma máquina que custa milhões. Com sapiência e autocontrole, ele adequa um ao outro e com o trabalho sincrônico produz e extrapola o capital investido – humano e tecnológico.
10-Em circunstância alguma deve chamar aos berros, usar apelidos depreciativos ou fazer gestos obscenos para advertir um funcionário. Há que lembrar-se do autocontrole. Se o funcionário não der o “troco” na hora para ele, certamente dará o “troco” depois no trabalho executado...

Prof. Inácio Dantas

domingo, 25 de junho de 2017

Insights, ideias de alto impacto: produtividade e sucesso!


Insights, ideias de alto impacto: produtividade e sucesso!

Há sempre espaço, em qualquer atividade humana, para criar e implementar ideias novas. E, junto, como prêmio, vem o reconhecimento intelectual e financeiro. Estes são ótimos incentivos para você pôr seus neurônios em ação e “bolar” alguma ideia que tenha viabilidade e aplicação econômica. E o mundo está ávido por ideias novas...
Apague a imagem do professor Pardal e refute a tese que “invenção é coisa para gênios”. Aceite a afirmação que, hoje e sempre, os cérebros humanos, dotados de inteligência e de potencial ilimitado, têm capacidade tanto para criar coisas básicas quanto para inventar artefatos sofisticados capazes de salvar e prolongar vidas.
Você é um agente transformador desse novo tempo. Tenho isso em mente. Seu intelecto pode transitar da ideia ao projeto e do projeto à coisa. Há invenções novas sendo lançadas a todo instante proporcionando fama e ganhos polpudos aos seus idealizadores. E você pode ser um deles. Um idealizador de alto impacto. Ou você pensa que o inventor que pegou um simples pedacinho de arame e dobrou-o em quatro partes, não por acaso criou uma das mais fascinantes invenções de todos os tempos? O que ele inventou? O clipes para prender papeis... (Em 1899 pelo norueguês Johan Vaaler). Mais recentemente tivemos outra ideia genial que revolucionou as comunicações: a invenção do e-mail. (Ray Tomlinson, em 1971, usando um correio eletrônico da Arpanet, inclusive escolhendo o símbolo @ para agilizar o envio das mensagens)
São infindáveis as áreas onde novas ideias de “como fazer” podem se tornar viáveis. Importante é terem viabilidade e aceitação para entrarem na rotina do consumo e no cotidiano das atividades profissionais. Em quaisquer setores, sejam hospitais, indústrias, comércio, serviço, etc, há rotinas que podem ser criadas, suprimidas, modificadas, buscando-se excelência no fluxo dos trabalhos. Normalmente há entraves ou “gargalos” no processo, seja na repetição de rotinas ou nos executores com pouca experiência e habilidade. E é isso que o profissional de alto impacto deve buscar visando acelerar trabalhos, reduzir custos e aumentar receitas: novas ideias.

Alguns exemplos onde implantar novas ideias:

-Para o menor desgaste humano e dos equipamentos e melhor utilização dos insumos;
-Melhorar a qualidade da mão de obra gerando aumento da produtividade, reduzindo horas-extras e adicional noturno;
-Substituição de insumos por outros de menor custo mantendo a mesma qualidade do produto final;
-Substituir equipamentos obsoletos por modernos e ágeis (automação, robótica, etc), reduzindo o manuseio humano e acelerando a produtividade;
-Redução/Economia/reutilização de água, energia, combustível, insumos, material de consumo, estocagem, aluguéis, seguros, etc.
-Para prospectar novos nichos de mercado, com potencial de demanda;
-Novos procedimentos para reduzir a carga de impostos dentro da lei (Elisão Fiscal);
-Gestão para inovar em produtos, embalagens designers, etc, não só investindo dinheiro, mas investindo em talentos;
-Para produção de produtos ecologicamente corretos, a nova “febre” da demanda/consumo mundial;
-etc.
Cabe a você escolher a área que melhor domina, preparar-se e ir à luta. E, lembre-se, a todo esforço bem sucedido há o régio pagamento. Portanto, aqui fica a pergunta desafiadora: “Você tem alguma ideia de alto impacto?”

Inácio Dantas

domingo, 21 de maio de 2017

Dicas para bem liderar no trabalho


Doze “dicas” para bem liderar no trabalho.

1.Não perca seu tempo desprendendo forças em tarefas improdutivas, nem se atenha a gerenciar ideias sem valor. Ponha sua ‘massa cinzenta’ para laborar e prover o seu corpo, enriquecer sua vida e se autorrealizar.

2.Crie rotinas para o fluxo dos seus trabalhos. Com isso você perceberá ‘gargalos’, evitará a repetição de operações e economizará tempo e insumos. E, recorde-se da teoria da ‘economia de escala’: Produzir mais, em menos tempo, com o menor custo possível.

3.Para você ter sua equipe de trabalho ‘na mão’, deve evitar nervosismo ou perturbação na hora de tratar qualquer assunto. Entenda que seus comandados estão esperando uma ordem coesa para executar um trabalho e com isso aprender com você.

4.Não revele desânimo ou mau humor para não permitir comentários impróprios. Entenda que você, como líder, é referência para seus funcionários. Seus bons, e até seus maus exemplos, poderão ser copiados por eles; por isso cuide-se para ser um bom referencial!

5.Ao orientar alguém para realizar uma tarefa, procure falar ‘olhos nos olhos’. Não fale olhando para o céu, para os lados, para o chão, displicentemente, pois sua orientação poderá não ser compreendida.

6.Jamais humilhe ou deprecie um membro da sua equipe perante os demais. Você pode demonstrar força e poder, mas aos olhos deles será visto com menosprezo.

7.Se você orientou errado reconheça o erro e assuma o prejuízo. Com esse gesto você será enaltecido como alguém íntegro e de palavra.

8.Faça reuniões com os membros da sua equipe e ouça deles opiniões de como melhorar os trabalhos. Funcionário motivado é sinônimo de menor desperdício e maior produção.

9.Esforce-se e zele pela bandeira que você defende. Você é um dos pedestais que a sustém. Quanto mais a empresa crescer, mais você cresce junto, estabiliza sua posição e solidifica seu futuro.

10.No curso da explicação de um trabalho, expresse-se com naturalidade, sem ser erudito. Evite gestos obscenos ou termos chulos. Fale de forma simples, de fácil compreensão, tom de voz firme e educado.

11.Critique construtivamente se um trabalho estiver mal feito, orientando como melhorá-lo. Porém, mostre satisfação e valorize-o quando estiver bem feito. Ao valorizar um bom trabalho o executor sentirá orgulho do que fez e desejará fazer ainda melhor.

12.Realizar um trabalho difícil pode ser um misto de céu e inferno. Mas se você se sente capaz, confie em si e execute. E certamente estará mais para a brisa suave do que para o calor do fogo...

Inácio Dantas

(do livro ® “Dicas para um bom relacionamento no trabalho”)

domingo, 16 de abril de 2017

Cultura, sabedoria: dois sonhos plenamente realizáveis!


Cultura, sabedoria: dois sonhos plenamente realizáveis!
1.Cultura: ligação direta entre o sonho e o sucesso.
O homem sem cultura é um homem nu que vive a se esconder, temendo ter o seu saber confrontado, sua moral diminuída.
O inculto tem uma roupagem interior frágil, esmaecida por sua própria palidez intelectual. O culto, contrariamente, é iluminado, garboso, pois detém a riqueza do saber, imensurável.
Cultura é o alimento de cada dia. É o maná da alma e da mente. Aquele que a despreza vive em fome perene. A cultura nutre o corpo, fortalece os neurônios, engrandece o ser. E quem estiver bem alimentado está apto a participar dos grandes embates, rumo aos grandes sonhos.
Se você pensa em sair por aí, disputando espaço, e que vai vencer só porque você é você, saiba que sem estar nos trilhos da cultura vai patinar e perder o trem das oportunidades.
E atenção. Não espere que, sem esforço, as informações entrem no seu crânio como o ar nos pulmões. Você deve buscá-las, assiduamente. Todo dia se aprende, e todo dia há o que ser aprendido. A cultura está a luzir em todos os cantos, como o sol no firmamento.
Ter cultura é vestir-se em trajes de gala, ter eloquência, ser visto, ouvido, cultuado. E mais: é pavimentar o acesso à porteira dos sonhos, abri-la, e ver à frente o sucesso num quadro espetacular!
Internet, rádio, TV, jornais, revistas... Opções valiosas, disponíveis em “tempo real”, a disponibilizar cultura em alto nível e baixo custo.

>> 

2.Sabedoria: sonho que habita a cabeça de todo homem.
Quando o assunto é vital, o homem sábio perscruta, não só sua consciência, mas também seu coração antes de falar e agir. Suas palavras e ações são corroboradas por atitudes probas, equilibradas, tendo por respaldo a lei e a ordem.
Mesmo quando ele julga sob intensa emoção, pondera, medita e seu veredicto é justo, coeso e dentro da razão. O sábio vale-se do seu saber e discernimento para unir dissidentes, acalmar exaltados, apascentar conflitos. Tem seu acervo do saber cultivado nos ensinamentos dos mestres, nos umbrais da vida, e aperfeiçoado nos preceitos de Deus.
E o que é a sabedoria?
É uma grande soma de conhecimentos e experiências adquiridas na vida; erudição, juízo, bom senso, razão.
A sabedoria é, ela própria, uma riqueza incalculável, maior do que aquela que se pode conquistar com ela. Por isso é tão almejada, disputada, um sonho de dez entre dez pessoas.
Tenha você também, dentro de si, o sonho da sabedoria!
É fácil adquiri-la. Está em todos os livros, salas de aulas, seio dos lares. Quem acumular dotes de sabedoria terá, não só seu sonho realizado, mas também poderá realizar o sonho da humanidade!
Atenção: não gaste tempo com tolices poderá faltar ao precisar usá-lo em coisas inteligentes!

Prof. Inácio Dantas

Do livro “Você, o construtor dos seus sonhos” - Editora Vozes – www.vozes.com.br

domingo, 26 de março de 2017

Disciplina a serviço dos lucros – e do seu crescimento como profissional.


Disciplina a serviço dos lucros – e do seu crescimento como profissional.

Cresça profissionalmente dentro da empresa. Destaque-se. Recicle-se se necessário e almeje a eficiência. Tenha espírito solidário e colaborativo. Adicione obediência, probidade, caráter impoluto. Com esses ‘temperos’ você melhorará o seu currículo e com ele a sua vida.

Disciplina é sinônimo de eficiência; eficiência é sinônimo de produtividade. Logo, não há boa produtividade com indisciplina, seja em que segmento da vida for. Isso é inconteste.
Empresas onde líderes ordenam e liderados desobedecem são empresas fadadas ao insucesso. Como pode um ambiente de trabalho manter-se produtivo se ali se instalar uma Torre de Babel? Há que todos falarem o mesmo idioma, haver sinergia entre os pares, obediência às regras, respeito à hierarquia, aos colegas e disciplina operacional. Ressalte-se que esses quesitos, além de serem impulsores de faturamento e lucros, são itens que integram o padrão ISO, pois permitem aumentar o grau de segurança e reduzir, em contraponto, o número de acidentes de trabalho.
Seja do pedido do cliente à execução do serviço, do início do processo da matéria-prima ao produto final, da portaria de descarga ao depósito e do depósito às prateleiras de vendas, há um caminho lógico e racional a ser percorrido; e esse caminho é reto e plano, sem desvios ou ressaltos. Esse é o “percurso da eficiência”, ou seja, os bens e insumos chegam mais rápido à área de processamento e vendas.
 A disciplina constante é qual uma mola-mestra incansável, que se retrai e se expande empurrando para frente os negócios. Qualquer entrave na flexibilidade dessa mola, lá na ponta, imprevistos poderão ocorrer. E esses imprevistos resumem-se em produtos mal acabados, com defeito, excesso de sobras e desperdícios; mercadorias empoeiradas, vencidas, danificadas ou mal expostas na área de vendas; serviços executados com atraso, baixa qualidade ou imperfeição, etc. E daí decorre trocas, substituição de peças e componentes, refazimento de serviços, acarretando perda de clientes, altas de custos, prejuízos... Essas práticas empresário algum pretende registrar nos seus negócios, pois é um retrocesso na escala produtiva e nos lucros.
 Devemos considerar a disciplina como um item a estar presente na empresa como parte integrante do produto final. Ela é um facilitador indispensável para os desafios do dia a dia e para aqueles que buscam o primor e a plena eficiência dos trabalhos. Discipline, pois, e discipline-se!


Prof. Inácio Dantas